Postagens

O INTERESSANTE ESTADO DE DIREITO

Imagem
Fernando Gabeira Há coisas que não entendo no Brasil. Ou melhor, coisas que me esforço para entender. O STF, por exemplo, negou a liberdade a uma prisioneira que roubou xampu e chicletes. Mas decidiu soltar Rodrigo Rocha Loures, que recebeu a mala preta com R$ 500 mil numa pizzaria. Sou leigo e fiquei sabendo que a mulher foi mantida na prisão porque era reincidente. Provavelmente roubou um tubo de creme dental no passado e, como essas pessoas são insaciáveis, deve ter levado também a escova de dentes. Leio no belo livro “Triste visionário”, de Lilia Moritz Schwarcz, sobre o escritor Lima Barreto, que o médico Nina Rodrigues, expoente da Escola Tropicalista Baiana, defendia no fim do século XIX que negros e brancos eram diferentes biologicamente e o Brasil precisava ter dois códigos penais. Felizmente, as ideias racistas de Nina, que conheci pelo seu trabalho pioneiro sobre a maconha, foram sepultadas. Existe apenas um código penal. Suspeito, no entanto, que existam diferentes estados…

Geração Y, Z, acabou… Bem vinda Geração I

Imagem
Lucas S. Ferreira
Aproximadamente em 1980 tivemos a Geração Y (da qual faço parte), seguiu-se logo após uma tal de Geração Z, que nasceu num mundo já dominado por tecnologia e que perdura até hoje. Porém acredito que essa Geração Z tem se misturado a outra que eu gostaria de denominar de Geração I. I de Inexistente. Nossa tecnologia criou um mundo de inexistentes apesar das milhares de formas de conexões com que nos relacionamos atualmente. Falo “relacionamos”, no inteiro sentido da palavra, porque nossas máquinas muitas vezes são mais pessoais que a pessoas que respiram ao nosso lado. Convivemos com adolescentes e jovens hipnotizados por aparelhos de mão que dominam qualquer lugar onde eles estejam. Aparentemente o interessante é o que existe no virtual e não o que me olha nos olhos e enxuga minhas lágrimas. Apesar que em breve provavelmente nossas criações, dotadas de inteligência artificial, já estarão fazendo isso também. A felicidade se exibe no Facebook e a satisfação pessoal se med…

A implosão da mentira

Imagem
Affonso Romano de Sant'Anna

Fragmento 1
Mentiram-me. Mentiram-me ontem e hoje mentem novamente. Mentem de corpo e alma, completamente. E mentem de maneira tão pungente que acho que mentem sinceramente. Mentem, sobretudo, impune/mente. Não mentem tristes. Alegremente mentem. Mentem tão nacional/mente que acham que mentindo história afora vão enganar a morte eterna/mente. Mentem. Mentem e calam. Mas suas frases falam. E desfilam de tal modo nuas que mesmo um cego pode ver a verdade em trapos pelas ruas. Sei que a verdade é difícil e para alguns é cara e escura. Mas não se chega à verdade pela mentira, nem à democracia pela ditadura.
Fragmento 2
Evidente/mente a crer nos que me mentem uma flor nasceu em Hiroshima e em Auschwitz havia um circo permanente. Mentem. Mentem caricatural- mente. Mentem como a careca mente ao pente,

O FUTURO DOS PREDADORES

Imagem
25.06.2017 EM BLOG Sempre que ligo a tevê no noticiário político, o PSDB está deixando o governo ou decidindo ficar com ele. O partido não conhece aquela teoria da dissonância cognitiva. Ela afirma que, uma vez feita uma escolha, a tendência é reforçá-la com racionalizações. Se escolhemos rosas brancas no lugar das amarelas, tendemos a ressaltar a beleza das brancas e a enfatizar os defeitos das amarelas. O PSDB ou está saindo ou ficando. Se decide ficar, faz precisamente o contrário do que acontece na dissonância cognitiva: começa a refletir sobre as vantagens de sair. No momento em que toma a decisão do desembarque, certamente vai falar muito das vantagens de ficar no governo. Enfim, parece ter uma permanente incapacidade de tomar decisões e seguir com elas. O drama do PSDB se acentuou com as denúncias contra Aécio Neves. Sua tendência quase genética a subir no muro torna-se mais compulsiva no momento em que tem de escolher entre a Lava-Jato e o sistema político em colapso. O interessa…

Amor na Net

Imagem
VirtuaisBeijosEletrônicosDigitadosImpressosNa tela que mostraEssas BocasSem línguaNem gostoSem rostoNem lábioAmorCibernéticoQue inventaSuoresEm CORESE gritosSem doresE coitosSem tatoE corposSem almaSem calmaSem nadaPaixãoDigitalAnimalQue riDa razãoFincando RaízesGerandoO ensejoCriando o desejoDe que o beijoSeja LábioE tenha vidaDe que a BocaSeja RostoE tenha GostoDe que o GritoSeja CoitoE cante um HinoE que o TatoSeja CorpoE mostre a Alma...

O que é Agorafobia

Imagem
Agorafobia (do grego ágora - assembleia; reunião de pessoas; multidão + phobos - medo) é originalmente o medo de estar em espaços abertos ou no meio de uma multidão. Em realidade, o agorafóbico teme a multidão pelo medo de que não possa sair do meio dela caso se sinta mal e não pelo medo da multidão em si. Muitas vezes é sequela de transtorno do pânico. Quando o medo surge é difícil saber se está se tendo um ataque de pânico ou agorafobia, porque ambos têm quase os mesmos sintomas.
A agorafobia poderia ser traduzida mais precisamente como o medo de ter medo. É a ansiedade associada a essa perturbação, classificada como antecipatória, já que se baseia no medo de se sentir mal e não poder chegar a um hospital ou obter socorro com facilidade. A antecipação da sensação de mal-estar é tão intensa que pode originar um episódio de pânico. É uma perturbação marcada por um estado de ansiedade exacerbada, que aparece sempre que a pessoa se encontra em locais ou situações dos quais seria difícil …

Você sabe o que é a síndrome do pânico?

Imagem
© Fornecido por eCycle síndrome do pânico

Síndrome do pânico, ou transtorno de pânico, é uma condição caracterizada por crises abruptas e inesperadas de medo e desespero de maneira recorrente e regular. Os sinais mais aparentes são coração disparado, falta de ar e suor abundante, levando muitos pacientes a confundirem o ataque com um ataque cardíaco.

A síndrome do pânico é mais comum do que se pensa. No Brasil, estima-se que 1% da população tem a condição e 5% dos brasileiros relata já ter tido um ataque de pânico.

É importante ressaltar que ansiedade é uma parte natural da vida e até saudável. O transtorno do pânico, no entanto, é caracterizado pela forma abrupta e recorrente com que acontece. Alguém com a condição pode tê-los regularmente e a qualquer momento, o que pode agravar a ansiedade.

Ataques de pânico

Apesar de serem assustadores e intensos, eles não são perigosos. Os sintomas variam de acordo com a pessoa, mas eles são, em grande parte:

Náusea
Sudorese
Tremores
Dificuldade de respir…